Costa Rica - Uma breve apresentação

Atualizado: Ago 15

Costa Rica possui dentro do seu território 5% da bio-diversidade mundial distribuídos pelos seus mais de 30 parques nacionais, 150 reservas naturais e cerca de 112 vulcões.

Para entrar no país apenas é preciso um passaporte com validade de 6 meses sem necessidade de visto. A permanência máxima permitida é de 90 dias e paga-se um imposto de saída no aeroporto de 28 dólares que, na maioria das situações, já está incluído no bilhete de avião cuja viagem pode custar entre 600€ e 700€ desde Portugal.

Não é obrigatório qualquer tipo de vacina no entanto aconselha-se a visita ao médico da consulta de viajante e o uso frequente de repelente forte.


San José

A capital mais segura da América Latina

Talvez seja interessante para alguns aproveitar um dia na capital e contextualizarem-se com a cultura "Tica". O conselho mais frequente que se dá ao viajante é de evitar a capital considerada feia e suja, principalmente considerando tempo disponível para conhecer a beleza natural que existe fora dela. Contudo, visitar o Teatro Nacional, o Museu Nacional e o Museu de arte colombina podem ser experiências importantes para se saber mais sobre a história da indústria do café, história geral do país e a arte indígena de trabalhar o ouro.

O Mercado Central é o lugar perfeito para conhecer frutas, legumes e plantas típicas do país e para experimentar a gastronomia local.

O Barrio Escalante é um bairro bastante jovem frequentado pelas classes média e alta com restaurantes modernos e conceitos novos perfeitos para um jantar pela capital. O Barrio California é indicado para quem procura uma zona de bares e explorar o ambiente da noite de San José.

Perto da capital também se encontram a menos de 2h de caminho os vulcões Poás e Irazu.



Pacífico Norte

Tamarindo - Flamingo - Conchal

Guanacaste é o nome da região do norte da Costa Rica, a mais seca do país. Repara-se pela paisagem mais árida quando comparada com o verde da Peninsula de Osa no sul do país. Esta região mais preparada para o turismo norte americano de alto poder de compra, com resorts e estruturas hoteleiras maiores, é apoiada pelo aeroporto Internacional de Liberia que recebe voos da América do Norte provocando enchentes em praias badaladas como Tamarindo que com o tempo ganhou a alcunha de "Tamagringo". Para quem não procura agitação pode escolher Brasilito para dormir e visitar as praias de Conchal e Flamingo para passar os dias.



Pacífico Central

Samara - Nosara - Santa Teresa


Esta zona litoral entre Samara e Santa Teresa é muito procurada por surfistas devido á qualidade das ondas . Samara é uma baía de águas calmas e seguras para quem viaja com crianças e uma área recomendável para quem quer conhecer a fauna marítima . Existem vários passeios de barco e de observação de desova de tartarugas. Nosara foi eleita pela National Geographic como uma das melhores zonas de surf . Em Santa Teresa o ambiente já é de expatriados que se mudaram para a Costa Rica á procura de um estilo de vida mais saudável com muitas horas de surf. É o local ideal para quem procura retiros de yoga e surf .




Pacífico Sul

Manuel António - Dominical - Uvita


A uma hora de distância de San José está Jacó, talvez a praia mais desenvolvida do país e mais frequentada pelos habitantes da capital. Não é recomendável para quem procura zonas calmas mas é a melhor opção para um grupo de amigos que procure surf e noite. Mais a sul localiza-se o Parque Nacional Manuel António, dos mais pequenos mas mais visitados da Costa Rica. Ainda mais para sul e antes de chegar ao Parque Nacional de Corcovado está Dominical e as Cataratas de Nauyaca consideradas as maiores do país.



Caribe 

Tortuguero - Puerto Viejo


O lado atlântico da Costa Rica é menos diverso em quantidade de praias no entanto revela uma personalidade distinta do lado do Oceano Pacifico. Com uma identidade mais relaxada, mais caribenha com muita imagens que nos recordam o reggae e o Bob Marley e, com uma gastronomia típica e diferente do resto do país, Puerto Viejo é o lugar perfeito para se conhecer através de passeios de bicicleta e saber um pouco mais sobre a tribo Indigena Bri-Bri. A norte encontra-se o Parque Nacional de Tortuguero rico em fauna e perfeito para uns passeios de barco pelos canais. A sua praia também é uma zona de desova de Tartarugas. Visitar Cahuita, Manzanillo e fazer uma Night Tour na Selva são atividades possiveis e recomendáveis nesta zona.



Parques Nacionais

Vulcões - Florestas 


No interior da Costa Rica, os apaixonados pelo hiking poderão visitar os vários parques nacionais e vulcões espalhados pelo país. O horário comum de funcionamento é das 8h ás 16h e os preços variam entre os 8€ e 16€. O Vulcão Irazu perto da capital , tem a característica de se poder observar os dois oceanos se o céu estiver limpo e o Vulcão Arenal e as suas águas termais proporcionam ao visitante a possibilidade de frequentar piscinas de água quente provocando a sensação de se estar num spa ao ar livre e envolvido pela vegetação verde e densa. No norte do país , próximo ao Vulcão Tenório circula o Rio Celeste, conhecido pela sua cor invulgar azul celeste e com uma Cascata, a atração principal do parque. O Cerro Chirripó no sul , é o ponto mais alto do país e em Monteverde para além de praticar ziplining poderá visitar plantações de café .


16 visualizações

CONTACTOS

+351 919 843 999

2765 Estoril, Portugal

©2020 by Beach Please Travel.